Espanha vence Suécia e está na final da Copa pela primeira vez

0
103

Espanha está na final!

Lágrimas, risos e abraços dominaram o gramado do estádio Eden Park ao apito final da brasileira Edina Alves. Antes marcada por protestos das atletas contra o técnico Jorge Vilda, a Espanha venceu a Suécia, por 2 a 1, e faz história classificando-se à final da Copa do Mundo feminina pela primeira vez. Paralluelo abre o placar, Blomqvist empata e Olga Carmona decide.

Espanha 2 X 1 Suécia | Melhores Momentos | Copa do Mundo Feminina 2023

Espanha 2 X 1 Suécia | Melhores Momentos | Copa do Mundo Feminina 2023

Vem a decisão…

A final será às 7h do domingo, pelo horário de Brasília, no estádio Olímpico de Sidney, contra Austrália ou Inglaterra – que fazem a segunda semifinal nesta quarta-feira. A final terá transmissão na Globo, no Sportv e no ge.globo. Veja o chaveamento da Copa.

O brilho de Paralluelo

Paralluelo correu de braços abertos soltando um grito de alívio ao ver o que havia feito pela própria equipe. Apenas 19 anos de idade e o nome agora marcado na história do futebol espanhol. Se havia sido decisiva nas quartas de final, a atacante – e também ex-velocista – abriu o placar no Eden Park. Campeã no Sub-17, Sub-20 e agora buscando o título também no time principal.

O respiro de Blomqvist

A Suécia, contudo, estava determinada a mudar a história. E foi a atacante Blomqvist – depois de apenas 10 minutos em campo – quem fez isso. A camisa 15 estava no lugar certo e na hora certa, pronta para chapar a bola no pé e buscar o empate: 1 a 1.

E a explosão de Olga Carmona

A felicidade das suecas durou dois minutos. Nem sequer houve tempo para respirar. No passe rasteiro vindo do escanteio, Olga Carmona só olhou para cima e arriscou o chute de fora da área para estufar as redes da goleira Musovic. Foi derrubada pelas companheiras na comemoração, na explosão de quem faz história pelo próprio país. Ali, colocou a Espanha pela primeira vez na final de uma Copa do Mundo.

Por G1

Credito Imagem: Michael Bradley / AFP