Inadimplência cai pelo segundo mês seguido, mais ainda atinge 66,1 milhões de brasileiros

0
63
Foto: Unsplash

Número de inadimplentes cai pelo segundo mês seguido em julho, para 66 milhões e 100 mil brasileiros.

No mês anterior eram 66 milhões 650 mil e ocorreu a primeira redução, após cinco meses de alta. Os dados são de levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito.

Ele mostra que o valor médio dos débitos no mês passado era de quatro mil reais e a mair parte das dívidas era com bancos.

Também chama a atenção para a quantidade de consumidores com contas de energia e de água em atraso.

No entanto, a pesquisa mostra que embora quantidade de inadimplentes ainda esteja alta, desde maio, um milhão e 100 mil brasileiros conseguiram limpar o nome.

Entre os fatores que contribuíram são apontados a redução da inflação, do desemprego e da taxa básica de juros.

A expectativa é que com o programa Desenrola, do governo federal, o número de consumidores devedores diminua ainda mais nos próximos meses.

Com Assessoria