Ministro abre, no Rio, nesta quinta-feira, Semana do Pescado

0
141
© Agência Brasil

O ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, abrirá nesta quinta-feira (31), no Santuário Cristo Redentor, no Morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, a vigésima edição da Semana do Pescado, a ser realizada em todo o país no período de 1º a 15 de setembro. A solenidade será a partir das 20h.

Aos pés do monumento do Cristo Redentor, o reitor do Santuário, padre Omar Raposo, abençoará um cesto contendo peixes a serem levados ao local por pescadores.

Ao mesmo tempo, a imagem do Cristo será iluminada com as cores branca e azul, simbolizando as águas dos mares e rios. Membros da coordenação nacional do evento, empresários e autoridades do Rio e de Niterói participarão da solenidade.

Considerada pelo setor do varejo como a segunda quaresma do ano, a campanha da Semana do Pescado visa estimular o consumo de peixe, frutos do mar e derivados em todo Brasil, de modo a fortalecer as atividades da pesca e da aquicultura, que envolvem milhares de pessoas, além de movimentar a economia em todo o país.

A iniciativa tem ainda como meta a integração de toda a cadeia produtiva, constituída por pescadores, aquicultores, distribuidores, peixarias, supermercados, bares, restaurantes, importadores e o consumidor final.

Durante 15 dias, os setores produtivos se unirão para ampliar a oferta de pescado. A Semana do Pescado promoverá também cursos e ações de impulsionamento em indústrias, supermercados, restaurantes, feiras livres, pontos diversos do atacado e varejo, com eventos gastronômicos e afins para possibilitar maior acesso da população.

Combate à fome

A Semana do Pescado pretende também contribuir no combate à fome no Brasil, onde mais de 21 milhões de pessoas sofrem com desnutrição e risco alimentar, de acordo com relatório da Organização das Nações Unidas (ONU).

Para minimizar a situação da fome no estado do Rio, o Sindicato dos Armadores de Pesca (Saperj) vai doar quatro toneladas de peixes, com apoio de uma empresa, responsável pelo beneficiamento e expedição do produto. Toda a doação será destinada às instituições atendidas pelo setor Cristo Sustentável, do Santuário Cristo Redentor.

Segundo disse à Agência Brasil o ex-ministro da Aquicultura e Pesca, Altemir Gregolin, presidente do International Fish Congress & Fish Expo Brasil (IFC Brasil) e membro da coordenação nacional do evento, a Semana do Pescado visa tornar o consumo de peixes uma prática cotidiana do brasileiro. Atualmente, o consumo de pescado no país atinge 10 quilos por habitante/ano. O Brasil ainda importa mais do que exporta. Em 2022, as importações de pescado somaram US$ 1,4 bilhão, contra US$ 300 milhões exportados.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: Alana Gandra – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro
Crédito de imagem: © Agência Brasil