Poluição no Sena força cancelamento da Copa do Mundo em Águas Abertas

0
78

Os organizadores da Copa do Mundo de Natação em Águas Abertas foram forçados neste domingo (6) a cancelar o evento em Paris, após fortes chuvas fazerem a qualidade da água do Rio Sena cair abaixo dos padrões sanitários mínimos.

O rio deve ser o local de disputa da prova de maratona aquática nos Jogos Olímpicos do próximo ano, e a federação internacional de natação afirmou que é necessário um “trabalho extra” para garantir que existam planos alternativos.

“Desapontado é a palavra certa”, disse o diretor da Federação Francesa de Natação, Gilles Sézionale, à rádio local. “Primeiramente desapontado pelos atletas, que sonhavam em competir em um dos locais mais bonitos do mundo”, declarou.

Os participantes foram impedidos de treinar na manhã da última sexta-feira (4) pelo mesmo motivo.

A prova de 10 quilômetros feminina no último sábado, evento de classificação para as Olimpíadas, havia sido originalmente adiada para este domingo, quando as federações francesa e internacional cancelaram tanto a prova feminina quanto a masculina.

“É óbvio que é necessário trabalho extra com o comitê organizador dos Jogos de] Paris 2024 e as autoridades locais para garantir planos de emergência sólidos para o próximo ano”, declarou a federação internacional de natação.

O comitê olímpico disse em comunicado separado que a nova infraestrutura estará funcionando até o verão [europeu] de 2024, o que deve garantir uma melhor qualidade da água e tornar o Sena apto ao nado.

Uma obra de um piscinão subterrâneo de 80 bilhões de euros projetada para evitar a contaminação bacteriana do rio por fortes chuvas deve ser concluída antes dos jogos.

Fonte: Juliette Jabkhiro e Aadi Nair – Paris (França)