São Paulo perde do San Lorenzo na Argentina e sai atrás nas oitavas da Sul-Americana

0
91

O São Paulo sofreu com a proposta de jogo aplicada pelo San Lorenzo e perdeu por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, no Estádio Pedro Bidegain, em Buenos Aires (ARG), em partida válida pela ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Adam Bareiro foi o autor do único gol do jogo.

Assim, o Tricolor amarga o quarto compromisso consecutivo sem vitória na temporada – soma três derrotas e um empate. Além disso, precisa vencer o confronto da volta por ao menos dois tentos de diferença para avançar de maneira direta às quartas de final. Caso triunfe por apenas um de distância, a decisão pela vaga irá para a disputa por pênaltis.

Agora, São Paulo e San Lorenzo voltam a se enfrentar, pelo segundo embate da eliminatória, na próxima quinta-feira (10), às 19 horas (de Brasília), no Morumbi.

Antes disso, porém, o Tricolor recebe o Atlético-MG, no domingo, a partir das 16 horas, também no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, na capital paulista. O duelo é válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na primeira boa escapada da partida, aos oito minutos, o San Lorenzo chegou com o lateral esquerdo Malcom Braida, que trabalhou com Nahuel Barrios, tirou a marcação de Wellington Rato e fez cruzamento perigoso na área, obrigando o goleiro Rafael sair e socar o perigo para longe.

Aos 12, Agustín Giay recebeu na direita e fez cruzamento rasteiro. Após leve desvio em Caio Paulista, a bola chegou no camisa 10 argentino, que bateu de primeira, mas mandou à direita do gol brasileiro. Quatro minutos depois, Barrios arriscou finalização de longe, mas Rafael fez a defesa.

Aos 21 minutos, Wellington Rato foi o responsável pela primeira chance perigosa do São Paulo. O atacante cobrou direto para o gol falta sofrida por Pablo Maia e, após quique no gramado, o goleiro Augusto Batalla se atirou para espalmar para escanteio.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, aos 37, Calleri foi acionado na ponta direita e cruzou na área, onde estava Wellington Rato, que ajeitou para Alisson bater de primeira, mas a bola explodiu na defesa. Aos 40, após cobrança de falta para o San Lorenzo, Rafael saiu errado, afastou parcialmente e, na sobra, Leguizamón finalizou em cima de Arboleda.

Na volta do intervalo, os donos da casa precisaram de sete minutos para inaugurar o marcador. Após jogada de contra-ataque, Giay fez cruzamento para área que encontrou a cabeça de Gonzalo Maroni. O meia, então, ajeitou para o centroavante Adam Bareiro, livre de marcação, dominar na pequena área e mandar para o fundo da rede.

O São Paulo respondeu três minutos depois. Após cruzamento de Wellington Rato, Calleri desviou de cabeça para o gol, mas parou em grande defesa de Batalla. Logo em seguida, o camisa 27 recebeu passe de Alisson e cruzou rasteiro para a área. A bola, entretanto, não encontrou nenhum pé são-paulino e passou por todo mundo.

Aos 26, Beraldo avançou com a bola e cruzou na área. Luciano saltou e não alcançou a bola, assim como Michel Araújo, que se atirou no gramado para tentar empurrar para o gol. No entanto, ela passou outra vez por todos e ficou com o San Lorenzo. Depois disso, o Tricolor pouco criou para buscar o empate e a partida terminou com vitória argentina por 1 a 0.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria)