Violentômetro ajuda vítimas a reconhecerem sinais de violência doméstica

0
92
Foto: Divulgação

Para ajudar mulheres a reconhecerem se estão sofrendo algum tipo de violência doméstica, a Secretaria de Assistência Social e Habitação de Lucas do Rio Verde reproduziu o Violentômetro, um material gráfico contendo informações para que as pessoas identifiquem os diferentes tipos e graus que a violência pode assumir nas relações de afeto.

“É uma ferramenta de ajuda para que as vítimas saibam como reconhecer os sinais de violência doméstica que podem estar sofrendo. Em formato de régua, apresentando diferentes graus de violência, para que as vítimas possam se reconhecer e identificar”, explica o coordenador do Creas, Williton Martinelli.

A secretária de Assistência Social e Habitação, Janice Ribeiro, explica que o Violentômetro é um instrumento importante tanto para as vítimas como aos familiares e amigos. “Todos ao redor podem prevenir situações de risco, denunciar agressores e apoiar mulheres, para que saiam de relacionamentos abusivos.”

Além das ferramentas de prevenção a violência contra a mulher, a Secretaria de Assistência Social e Habitação alerta que, caso alguma pessoa conhecida esteja passando por algum dos níveis enumerados no Violentômetro, é importante conversar, manter-se disponível, não julgar, acolher e, se necessário, denunciar à Polícia Militar pelo número 190, Polícia Civil 197, Guarda Civil Municipal 153 e Central de Atendimento à Mulher 180.

Minidoors do Violentômetro foram instalados nas entradas dos Cras I e II do município.