Com onda de calor, temperaturas devem bater 40ºC no Rio de Janeiro

0
151
© Arquivo/Agência Brasil

Os meteorologistas estão alertando que esta semana, a última do inverno, será de muito calor na maior parte do país. Isso porque um bloqueio atmosférico vai impedir a chegada de frentes frias nos próximos dias, elevando as temperaturas. No Rio de Janeiro, o Alerta Rio prevê temperaturas que podem chegar a 40°C na capital fluminense. O calor intenso vai até domingo (24).

Para esta terça-feira (19), é esperado que a temperatura varie entre 36°C e 18°C, com ventos fracos e sem nebulosidade. A quarta-feira (20) deve seguir o mesmo padrão, atingindo a máxima de 35°C e mínima de 17°C, com céu limpo e sem previsão de chuva.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pode haver uma diminuição da temperatura na quarta-feira com a possibilidade de chuvas isoladas no dia seguinte. O calor deve voltar na sexta-feira (22), com temperaturas acima dos 30°C.

Além do calor, podem ser registradas queda da umidade relativa do ar, entre 20% e 12%, em algumas localidades. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade ideal para a saúde deve estar entre 50% e 60%.

Perigos e sintomas

Para evitar casos de insolação e desidratação em razão das temperaturas elevadas e da baixa umidade do ar, os cuidados devem ser redobrados. Nos dois casos, os sintomas são parecidos: dores de cabeça, tontura, náusea, pele quente e seca, câimbras, pulso rápido, temperatura elevada, distúrbios visuais e confusão mental. Ao apresentar esses sinais, a pessoa deve solicitar ajuda, tentar refrescar o corpo em local protegido do sol e, se possível, colocar os pés para o alto.

Cuidados

Nesses dias de calor extremo, o Alerta Rio recomenda evitar ambientes fechados, aglomerações e exercícios ao ar livre entre 11h e 16h. O Centro de Operações Rio (COR) e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de janeiro aconselham, em suas redes sociais, ingerir bastante líquido; comer frutas, legumes e vegetais; uso de soro para hidratar nariz e olhos; utilizar protetor solar e vestir roupas leves durante a semana, além de manter os ambientes ventilados.

*Estagiário sob supervisão de Akemi Nitahara 

Edição: Carolina Pimentel

Fonte: Francisco Eduardo Ferreira – estagiário da Agência Brasil* – Rio de Janeiro
Crédito de imagem: © Arquivo/Agência Brasil