Corinthians e Ferroviária fazem a final do Brasileirão Feminino Neoenergia 2023

0
144

A final do Brasileirão Feminino Neonergia está definida. Neste sábado (2), o Corinthians se impôs sobre o Santos por 2 a 0 e enfrentará a Ferroviária, que eliminou o São Paulo nas penalidades por 3 a 1.

A definição da equipe campeã ficará para os dias 7 e 10 de setembro. As partidas terão início às 16h20 e 16 horas, respectivamente, com transmissão da Rede Globo e Sportv.

Brabas do Timão confirmam vantagem


O Corinthians entrou em campo no Parque São Jorge, em São Paulo, com uma diferença a seu favor de três gols no placar. Mas a vantagem não fez a diferença para as Brabas, que venceram as Sereias da Vila por 2 a 0 e estão na final em busca do quinto título do Brasileirão Feminino. O Timão é finalista do campeonato desde 2017 e pode se sagrar campeão pelo quarto ano seguido.

Mesmo com o placar desfavorável, Sereias da Vila não desistiram da vaga na final

Mesmo com o placar desfavorável, Sereias da Vila não desistiram da vaga na final
Créditos: Staff Images/CBF

As comandadas de Arthur Elias abriram o placar com Duda Sampaio, de pênalti, aos 18 minutos do segundo tempo. Com o roteiro clássico de uma penalidade – bola para um lado e goleira para o outro -, a camisa 27 marcou para o time.

Aos 43 minutos, Fernandinha sacramentou a vaga para o Corinthians. Ela aproveitou cruzamento de Ju Ferreira e definiu o 5 a 0 no placar agregado para sua equipe.

Corinthians está na final pela sétima temporada seguida

Corinthians está na final pela sétima temporada seguida
Créditos: Staff Images/CBF

Luciana decide para as Guerreiras Grenás


A partida entre São Paulo e Ferroviária mexeu com os batimentos cardíacos dos torcedores. Após vencerem por 3 a 1 na partida de ida, as Guerreiras Grenás tiveram a Fonte Luminosa, em Araraquara, como um fator positivo para conquistar a vaga na decisão. 
As Soberanas tinham outros planos e levaram a definição para as penalidades, com a vitória por 2 a 0.

Soberanas brigaram pela vaga até os últimos momentos

Soberanas brigaram pela vaga até os últimos momentos
Créditos: Fernanda Luz / Staff Images Woman / CBF

Ainda no primeiro tempo, o São Paulo igualou o placar agregado. Aos 36 minutos, Ariel recebeu cruzamento de Micaelly e se antecipou à zaga da Ferroviária para começar a reação do time. Aos 42, Micaelly, que havia dado assistência para o primeiro gol, cobrou falta para a área, mas a bola não foi desviada e entrou para o fundo das redes.

Na etapa final, não houve alterações no marcador, e os pênaltis se tornaram o caminho para a final do Brasileirão Feminino Neoenergia. A estrela de Luciana, goleira da Ferroviária, brilhou. Ela defendeu duas cobranças e garantiu as Guerreiras Grenás na decisão, com o 3 a 1 nas penalidades. A Locomotiva mira o terceiro título da competição e não disputava a final desde 2019, quando foram campeãs pela segunda vez – a primeira conquista se deu em 2014.

Ferroviária conquistou a classificação nos pênaltis

Ferroviária conquistou a classificação nos pênaltis
Créditos: Fernanda Luz / Staff Images Woman / CBF

 

Fonte: CBF
Crédito de imagem: Créditos: Divulgação/S.E.R Caxias