Série D: Caxias-RS enfrenta Ferroviário-CE em casa, no 1º jogo da semi

0
116
© Josué Ferreira/SER Caxias/Direitos Reservados

Caxias-RS e Ferroviário-CE fazem na tarde deste feriado a primeira partida da semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. Ambos asseguraram no último fim de semana o tão sonhado acesso à Série C do ano que vem. A meta agora é avançar à final para brigar pelo título. O duelo às 15h (horário de Brasília) no Estádio Centenário, terá transmissão ao vivo da TV Brasil, direto de Caxias do Sul (RS).  

A equipe gaúcha, conhecida como Grená do Povo, se classificou à semi no último sábado (2), fora de casa, com um gol salvador de pênalti, cobrado pelo atacante Eron, aos 38 minutos da etapa final, no duelo de volta contra a Portuguesa-RJ. No jogo de ida, o Caxias havia empatado em 1 a 1. No caminho até as quartas de final, o Grená do Povo eliminou Ceilândia-DF (oitavas) e Inter de Limeira-SP (segunda fase). Na fase de grupos, o time gaúcho terminou na segunda colocação do Grupo 8, atrás do Hercílio Luz-SC.

Entre os desfalques do Caxias nesta tarde está o zagueiro Fernando, que além de suspenso pelo terceiro cartão amarelo, também fraturou o nariz na última partida. Outra baixa na defesa será Erik Henrique, que se recupera de uma lesão muscular na coxa. Em contrapartida, o time contará mais uma vez com o decisivo do atacante Eron, maior artilheiro desta edição da série D, com 14 gols.

O Ferroviário além de seguir invicto na competição, tem a melhor campanha geral. Entre os semifinalistas, possui o melhor ataque e a melhor defesa. O Tubarão da Barra eliminou nas fases anteriores os seguintes times: Maranhão-MA, Nacional-PB e Princesa do Solimões-AM. A equipe confia muito em seu goleador, o atacante Ciel, que marcou 10 vezes durante a competição.

Comandado pelo técnico Paulinho Kobayashi, o time cearense busca o bicampeonato da Série D, após ter sido campeão em 2018. Nenhum clube até hoje venceu a competição mais de uma vez.

A partida de volta está marcada para o próximo domingo (10), às 17h30, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza..

* Colaboração de Pedro Dabés (estagiário) sob supervisão de Paulo Garritano.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: Agência Brasil* – Rio de Janeiro
Crédito de imagem: © Josué Ferreira/SER Caxias/Direitos Reservados