Vasco goleia Coritiba com dois de Vegetti em São Januário e fica a um ponto do Santos

0
77
foto: assessoria

O Vasco mostrou que está em recuperação no Campeonato Brasileiro e goleou por 5 a 1 o Coritiba, nesta quinta-feira, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos seguem na 18ª colocação, com 23 pontos — um atrás do Santos e dois do Bahia, primeiro time fora do Z4, mas que tem um jogo a mais —. Já os paranaenses seguem na lanterna da Série A, com apenas 14 unidades.

Os donos da casa encaminharam a vitória no primeiro tempo, com gols de Zé Gabriel e Rossi. Na etapa final, Vegetti, duas vezes, e Gabriel Pec decretaram a goleada do Vasco. Sebastián Gómez fez o de honra para o Coritiba.

O Vasco volta a campo nesta segunda-feira, contra o América-MG, no Independência, em jogo adiado da 15ª rodada. Já o Coritiba terá pela frente o São Paulo, no Morumbi, em partida adiada da 22ª rodada.

Empurrado pela torcida, o Vasco pressionou o Coritiba no começo da partida. Os donos da casa quase abriram o placar aos sete minutos, quando Puma aproveitou cruzamento e cabeceou para a defesa de Gabriel. O lateral pegou o rebote e viu o goleiro salvar novamente. O uruguaio teve uma terceira chance, mas mais uma vez o arqueiro fez milagre.

Só que após a cobrança de escanteio, o Vasco marcou em São Januário. Zé Gabriel aproveitou cruzamento e cabeceou sem chance para Gabriel.

Após o revés, o Coritiba foi obrigado a avançar em busca do empate, mas pouco incomodou a zaga carioca. Com tranquilidade, os vascaínos passaram a explorar os espaços dados pelo adversário. O Vasco teve boa chance de ampliar aos 26 minutos. Lucas Piton arriscou duas vezes de fora da área e parou no goleiro Gabriel.

O lance animou os donos da casa, que voltaram a criar boa chance aos 30 minutos. Payet foi lançado na área, mas demorou para finalizar e foi travado pela zaga. De tanto insistir, o Vasco ampliou três minutos depois. Rossi foi lançado na área, tabelou com Payet, e mandou para a rede.

Somente após o segundo revés, o Coritiba conseguiu ir para o ataque com mais intensidade. Os visitantes tinham dificuldade em criar bons lances. Na melhor delas, Samaris chutou para defesa de Léo Jardim. O Vasco passou a se defender e saiu para o intervalo com boa vantagem no placar.

No segundo tempo, o Coritiba não teve a chance de esboçar uma pressão. Isso porque aos quatro minutos o Vasco marcou o terceiro, com Vegetti. O atacante recebeu cruzamento na área, dominou e chutou sem chance para Gabriel. O árbitro chegou a marcar impedimento do argentino, mas o VAR confirmou o gol cruzmaltino.

O Coritiba só foi levar perigo aos dez minutos, em chute de longe de Slimani que parou em Léo Jardim. Só que a resposta do Vasco veio em grande estilo, aos 17. Vegetti aproveitou cruzamento e cabeceou para a rede.

O gol foi sentido pelo Coritiba, que diminuiu a intensidade. Com isso, o Vasco passou a dominar o confronto. Os cariocas quase ampliaram aos 28 minutos, em cabeceio de Gabriel Pec que parou em grande defesa de Gabriel. Depois, Puma cobrou falta para defesa do goleiro paranaense.

Os visitantes aproveitaram a queda de ritmo do Vasco e diminuíram aos 34 minutos, com Sebastián Gómez. Só que o Coritiba viu o Vasco marcar o quinto no minuto seguinte, com Gabriel Pec.

Nos minutos finais, o Vasco voltou a aumentar o ritmo. Os donos da casa rondaram a área, mas não balançaram de novo a rede. Mesmo assim, os cruzmaltinos saíram de campo ovacionados pela torcida por conta da goleada em São Januário.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria)