Preços da cebola e da batata disparam 30% e 14% e puxam custo de vida do brasileiro

0
48

Preço da cebola dispara 30 por cento, em novembro.

Ela foi um dos itens que mais pesaram no Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA-15, apurado pelo IBGE e considerado uma prévia da inflação oficial.

O indicador avançou 0,33 por cento, neste mês. Com isso, o custo de vida do brasileiro ficou 4,84 por cento maior, no acumulado de um ano pra cá.

Além da cebola, alimentos como batata-inglesa, com avanço de 14 por cento, arroz, frutas e carnes também ficaram mais caros.

O aumento do custo de vida do brasileiro só não foi maior, por exemplo, porque os preços do leite e do feijão caíram.

Fora do grupo alimentação, que registrou a maior alta de novembro, o destaque negativo foi a passagem de avião, com alta de 19 por cento.

No geral, houve queda apenas nos custos do setor de comunicação.

Em todos os outros grupos, o que inclui transporte, saúde, habitação e educação, os preços aumentaram.