“Cocaína morta” – Carro funerário é apreendido com 30 kilos de drogas em caixão

0
46

Na última sexta-feira (2), um fato inusitado chocou a pacata cidade de Alto GarçasMato Grosso. Um motorista de carro funerário foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao ser flagrado transportando 30 kg de cocaína no km 48 da BR-364. A substância ilícita estava habilmente escondida em um compartimento do veículo adaptado.

A prisão ocorreu durante uma rotineira fiscalização realizada pelos agentes da PRF, que decidiram abordar o veículo funerário. Já nos primeiros momentos da abordagem, o condutor apresentou sinais de nervosismo, com mãos trêmulas, olhar furtivo e sudorese evidente, chamando a atenção dos policiais.

Ao ser questionado sobre o motivo da viagem, o motorista afirmou que vinha do município de Mirassol D’Oeste (MT) e se dirigia a Mineiros (GO) para buscar uma pessoa falecida. No entanto, ele não conseguiu fornecer detalhes como o nome do falecido, sexo e o local exato de onde seria feito o traslado. A inconsistência nas respostas levantou suspeitas, especialmente quando o condutor mencionou que era empregado da funerária e posteriormente admitiu que a empresa pertencia à sua família.

Diante das contradições, a PRF aprofundou a revista no veículo, levando o motorista a confessar a presença de substâncias ilícitas. Os 30 kg de cocaína foram encontrados em tabletes, cuidadosamente escondidos em um compartimento do carro funerário.

O motorista detido admitiu que a carga ilegal tinha como destino final a cidade de Ituiutaba, em Minas Gerais, e que receberia uma recompensa financeira pelo transporte. Diante da confissão, o condutor foi preso em flagrante por tráfico de drogas e conduzido até a Delegacia da Polícia Civil de Alto Garças, onde serão tomadas as medidas cabíveis.

O incidente destaca a criatividade e audácia dos criminosos na tentativa de burlar as autoridades, além de evidenciar a importância das operações de fiscalização para coibir o tráfico de drogas nas rodovias brasileiras.

Fonte Cenário MT