Um milhão de pessoas vivem com HIV no Brasil; 30 soropositivos morrem por dia

0
102
Foto: Imagem ILustrativa

Um milhão de pessoas vivem no Brasil com HIV.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde, aproximadamente 350 mil pessoas nessa situação são mulheres e 650 mil são homens.

Do total de 1 milhão de pessoas com HIV no país, 90%, ou seja, 900 mil pessoas conhecem o diagnosticado.

Além disso, 8 em cada 10 diagnosticados estão em tratamento antirretroviral e 95% dessas pessoas em tratamento,  o que representa um grupo de 695 mil pessoas, têm carga indetectável do vírus.

Ainda de acordo com a pasta federal, nos últimos dez anos, o número de mortes por aids caiu no Brasil.

No ano passado, o Ministério da Saúde registrou 10.994 óbitos tendo o HIV como causa básica, 8,5% menos do que os pouco mais de 12 mil óbitos registrados em 2012.

Ainda assim, são, em média, 30 mortes por dia, sendo que pouco mais de 60% dos pacientes que morrem pela doença são negros.

Em relação a novos casos de HIV, foram, ao todo, 43.403 no ano passado. Desses, 74% em homens e 26% em mulheres.

Já os novos casos de aids, fase avançada do HIV, totalizaram 36.753 em 2022, sendo 7 em cada 10 novos casos em homens.