Carla Prata, Rainha de bateria da Acadêmicos do Tucuruvi arrasa na avenida

0
24

A rainha de bateria da Acadêmicos do Tucuruvi, Carla Prata, desfilou no Anhembi na madrugada deste domingo, 11, usando uma fantasia que pesava 18 quilos. Segundo ela, essa foi a fantasia mais pesada que já usou na vida.

Recentemente, Carla precisou fazer um procedimento de infiltração nos joelhos, e mesmo assim, suportou o peso da fantasia para desfilar no carnaval de São Paulo. “Para mim, o maior desafio foram os joelhos”, contou à imprensa após o desfile. “É a [fantasia] mais pesada que eu já usei na minha vida”, revelou.

Para a rainha de bateria, este carnaval foi sinônimo de superação. “Eu sou isso, sou guerreira, uma mulher forte, corajosa, leonina. É isso, gente. O carnaval é onde eu dou 1000%, e não é nem 100%”, comentou.

A preparação para este carnaval foi desafiadora para Prata. “Cada ano é um desafio, mas a gente está aí. Eu sou corajosa e enfrento. Se eu tivesse medo de desafio, nem saía de casa. Se tem uma coisa que eu não sou é medrosa”, pontuou.

A fantasia de 18 quilos foi feita pelos carnavalescos da agremiação, e não teve palpite de Carla, que confessou amar a cor, um azul turquesa. “É uma cor que eu gosto muito, tem a ver com o tema, tem a ver com a bateria, então eles fizeram uma fantasia que casou perfeitamente e, coincidentemente, com a cor que eu amo”. A cor usada pela rainha da Tucuruvi representa as energias dos babalaôs, segundo ela.

Apesar do desafio físico de desfilar com uma fantasia tão pesada, Carla revela que ainda não é hora de descansar, mas de curtir a folia no Rio de Janeiro. Ela deve passar os próximos dias ao lado da família e deve, inclusive, ir aos desfiles na Sapucaí.

“A recuperação, vou te falar que não vai ser amanhã, porque amanhã eu vou curtir meu carnaval. Amanhã começo a minha folia, curtindo meu carnaval. Não sei quando que eu vou recuperar, não, mas vai ter um descanso, acho que eu vou viajar. Acho que vou fazer uma viagem para fazer uma pausa”, contou.

Fonte Terra

Texto com colaboração de Marcela Ferreira

Foto: Ita Mazzutti/Produtora HouseMazzutti