Corinthians vence a Portuguesa na estreia de treinador António Oliveira

0
23
Foto: Ronaldo Barreto/Ag. Paulistão

O Corinthians enfim voltou a vencer no Campeonato Paulista. Neste domingo, a equipe bateu a Portuguesa por 2 a 0, na Neo Química Arena, com gols de Maycon e Yuri Alberto. O duelo marcou a estreia de António Oliveira, substituto de Mano Menezes e novo técnico do clube.

Com o resultado favorável, o Timão ultrapassou a Lusa e deixou a zona de rebaixamento do Estadual. A equipe agora soma nove pontos, mas segue na lanterna do Grupo C. O time do Parque São Jorge vinha de cinco derrotas seguidas na competição.

Já a Portuguesa, que entrou na zona de degola, segue com os mesmos três pontos e está na terceira posição do Grupo A, abaixo de Ituano e Santos.

Sob o comando de António, o Corinthians quer dar sequência à vitória para espantar a má fase. Nesta quarta-feira, o time enfrenta o Botafogo-SP em Ribeirão Preto, pela oitava rodada do Paulistão. A bola rola às 21h35 (de Brasília). A Lusa, por sua vez, recebe o Água Santa na quinta.

O jogo

Pressionado pelo resultado, o Corinthians começou tentando empurrar a Portuguesa para trás, mas não chegou com perigo. A Lusa contra-atacou e quase abriu o placar com Chrigor, aos seis minutos. Ele ganhou de Raniele na corrida, invadiu a área e, mesmo com pouco ângulo, arriscou para o gol, mas Cássio defendeu.

O Timão respondeu aos 11, quando Raul Gustavo desviou de cabeça para Raniele, que acabou furando e, em seguida, arriscou uma bicicleta, mas acertou as redes pelo lado de fora.

Aos 14, Pedro Raul chegou na linha de fundo e rolou para Yuri Alberto, que vinha de trás e chegou chutando rasteiro, mas o goleiro Thomazella defendeu. O arqueiro voltou a salvar a Lusa aos 27 minutos, quando Garro colocou na área e, no rebote, Pedro Raul encheu o pé. Thomazella espalmou praticamente em cima da linha.

O Corinthians começou a tomar conta do jogo e assustou novamente aos 32. Wesley partiu do lado esquerdo, ajeitou para o meio e bateu direita, tirando tinta da trave. Aos 40, Fagner recebeu belo passe de Wesley na área, cortou para dentro e foi derrubado por Patrick, portanto, pênalti para o Timão. Na cobrança, Maycon bateu rasteiro e converteu: 1 a 0.

Ainda deu tempo da Portuguesa levar perigo ao gol de Cássio, já nos acréscimos. Após cobrança de escanteio, Felipe Marques pegou a sobra e chutou firme, mas o goleiro fez grande defesa.

A Portuguesa teve uma chance de ouro para igualar o marcador logo aos cinco minutos do segundo tempo. Henrique Dourado tocou de cabeça para Felipe Marques, que conduziu e saiu de frente com o goleiro Cássio, mas chutou muito mal e mandou longe.

O Corinthians quase ampliou a vantagem aos 20. Após cobrança de escanteio de Rojas, Raul Gustavo cabeceou firme e viu a bola raspar a trave defendida por Thomazella. O segundo do Timão veio a sair pouco depois.

Aos 32, Maycon tocou de cabeça e, com a defesa da Lusa desorganizada, encontrou Yuri Alberto sozinho. Ele levou a bola até a área e chutou na saída do goleiro para balançar as redes.

Fonte: Gazeta Esportiva