Polícia Militar atende 266 mil crianças e adolescentes pelo Proerd em 2023

0
144
No último ano, mais de 29,5 mil alunos foram formados pelo programa em 300 escolas

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd) da Polícia Militar de Mato Grosso realizou mais de 266 mil atendimentos a crianças e adolescentes do Estado no ano de 2023. Ao todo, 29.557 jovens foram formados pelo programa, que tem como missão a orientação e conscientização de jovens para se afastarem do caminho das drogas e criminalidade.

Ainda no último ano, cerca de 300 escolas públicas e privadas receberam formações, palestras e acompanhamento pelo programa, em 64 municípios mato-grossenses. Os dados foram divulgados pela coordenadoria do Proerd, nesta terça-feira (20.02), Dia Nacional de Combate às Drogas e Alcoolismo.

O Proerd da PMMT foi instituído em Mato Grosso no ano de 2000 e, desde então, já realizou mais de cinco milhões de atendimentos e formou cerca de 400 mil crianças e adolescentes. O coordenador do programa em Mato Grosso, tenente-coronel PM Darwin Salgado Germano, explica que o Proerd possui popularidade dentro dos ambientes escolares, possibilitando a inserção da iniciativa a cada vez mais pessoas.

“A Polícia Militar desenvolve esse trabalho com a população em defesa dos direitos e garantias individuais, orientando as pessoas a fazerem escolhas seguras e saudáveis. Já são mais de cinco milhões de atendimentos realizados e trabalhamos para termos pessoas conscientes em suas escolhas, longe das drogas e do álcool, para que tenhamos uma sociedade cada vez mais segura e afastada dos riscos dos malefícios dos entorpecentes”, explica o tenente-coronel.


Formações do Proerd alcançaram mais de 29 mil alunos, em 2023 – Crédito: Reprodução/Proerd

Em Mato Grosso, o Proerd trabalha com um efetivo de mais de 100 policiais militares, que passam por qualificações regulares e que atuam em conjunto com a comunidade escolar, promovendo orientações com atividades educacionais preventivas, levando os jovens alunos a despertarem uma postura consciente de suas ações e responsabilidades seguras.

Durante o curso os alunos aprendem maneiras de criar ambientes positivos em suas rotinas em casa, na escola e na comunidade em que vivem. As aulas abordam os riscos e consequências do uso de drogas, noções de cidadania, técnicas para resistências às pressões do uso de entorpecentes e afastamento da violência, promoção da auto-estima, resistência ao Bullying e valorização à vida.


Proerd trabalha com atividades educacionais dentro de sala de aula – Crédito: Reprodução/Proerd

Um dos formandos do curso no ano de 2023, o jovem Lukas Amorim, de 11 anos, da Escola Militar Tiradentes de Cuiabá, contou que teve conhecimento da existência do Proerd por membros de sua família e que vivenciar o curso e adquirir os conhecimentos se tornou algo positivo para ele.

“Eu sempre via minha prima falando do programa que ela participou, mas agora eu tive a oportunidade de fazer parte e concluir o curso também. Foi uma experiência muito boa que só contribuiu ainda mais com os ensinamentos do colégio e as coisas boas que eles ensinam”, destacou o aluno. 

O comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Alexandre Corrêa Mendes, ressalta a importância do programa como uma das iniciativas da instituição para o acolhimento dos jovens para boas práticas e afastamento do caminho das drogas e da criminalidade.

“A Polícia Militar busca sempre atuar de diversas maneiras para alcançar crianças e adolescentes para orientarmos no caminho do bem e afastá-los da criminalidade e o Proerd é uma dessas iniciativas tradicionais, onde atuamos há anos levando conhecimento para esses jovens sobre a importância de se combater o uso de drogas e álcool. Quando vemos o alcance do programa estamos vendo que é possível fazer o combate a prevenção ao uso e tráfico de drogas por meio do diálogo e da educação, levando esses jovens ao caminho do bem de maneira segura”, completou o comandante-geral da PMMT. 


 

Dia Nacional de Combate às Drogas e Alcoolismo

O dia 20 de fevereiro é conhecido como o Dia Nacional do Combate às Drogas e ao Alcoolismo. O objetivo do dia é esclarecer a população sobre os danos que o consumo de bebida alcoólica e de drogas provoca no organismo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso indevido de substâncias como álcool, cigarro e drogas é um problema de saúde pública de ordem internacional, pois afeta valores culturais, sociais, econômicos e políticos.

Hallef Oliveira | PMMT