Depois de 34 anos, Hospital Central de Cuiabá está com 95% da construção pronta

0
149

Em fase de acabamento, o Hospital Central de Alta Complexidade, em Cuiabá, só será entregue ano que vem. A obra é a continuidade de um prédio antigo que teve início em 1987 e ficou 30 anos sem avanços. O Estado confirma que 95% da construção está pronta.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou que o Hospital Central será um exemplo de qualidade.

“Este hospital, após estar desativado por 34 anos, foi revitalizado sob a administração do governador Mauro Mendes. É um marco significativo para o setor de Saúde de Mato Grosso. Aqui, teremos infraestrutura de última geração na saúde, proporcionando um serviço de primeira aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Nossa gente e nosso estado merecem”, expressou.

O complexo hospitalar terá capacidades para 1.990 internações mensais, 652 procedimentos cirúrgicos, 3.000 consultas especializadas e 1.400 exames. Haverá também 10 salas cirúrgicas, 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 230 leitos de enfermaria. O foco do hospital de alta complexidade será oferecer 290 leitos para atender a população de Mato Grosso.

Segundo a secretária adjunta de Infraestrutura e Tecnologia da Informação da SES, Mayara Galvão, o projeto do Hospital Central foi totalmente redesenhado pelas equipes da SES. “O projeto atual é fruto da total dedicação da equipe de obras da SES. Estamos comprometidos com a finalização do Hospital Central, que representará uma instituição dotada das mais avançadas tecnologias da área da saúde,” afirmou.

Histórico

A construção do Hospital Central teve início em 1984, visando ser um centro de referência para casos de alta complexidade, com ênfase em traumatologia e ortopedia, assim como urgência e emergência em trauma. No entanto, a obra foi suspensa três anos depois, em 1987.

Em novembro de 2019, o Governo do Estado apresentou um planejamento renovado para o Hospital Central e iniciou os processos licitatórios. A assinatura do contrato para o começo das obras ocorreu em outubro de 2020 e, desde então, as equipes se mobilizam para a conclusão e entrega do estabelecimento de saúde aos mato-grossenses.