Quase 90% dos brasileiros admitem ter acreditado em fake news

0
37

Notícias falsas, as famosas fake news, se tornaram um grande problema na atualidade.

A veiculação de informações inverídicas ou fora de contexto tem causado grandes impactos negativos na sociedade, já que muitas pessoas não sabem discernir a realidade de boatos ou mentiras.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, cujos resultados foram obtidos pela Agência Brasil, revela que quase 90% dos brasileiros admitem já ter acreditado em conteúdos falsos.

64% deles disseram que a notícia falsa em que acreditou era sobre venda de produtos, 63% diziam respeito a propostas em campanhas eleitorais, 62% tratavam de políticas públicas, como vacinação, por exemplo, e 62% dos que já acreditara em fake news deram credibilidade a informações inverídicas que falavam de escândalos envolvendo políticos.

Conteúdos mentirosos sobre economia já convenceram 57% das pessoas e 51% acreditaram  em notícias falsas envolvendo segurança pública e sistema penitenciário.

Sobre os riscos que esse tipo de conteúdo causa, o maior deles, apontado por 26% dos entrevistados, é a eleição de mas políticos; 22% acreditam que o perigo maior e atingir a reputação de alguém e 16% avaliam como maior problema a possibilidade de causar medo na população em relação a própria segurança.

Além disso, 12% avaliam que o maior risco é prejudicar os cuidados com a saúde.

Quando se dão conta de que acreditaram em uma notícia falsa, 35% das pessoas dizem se sentir ingênuos; 31% ficam com raiva e 22% sentem vergonha.