Papa autoriza a canonização de Carlo Acutis, 1º santo ‘millennium’ da Igreja Católica

0
104

A Igreja Católica terá o primeiro o 1º santo ‘millennium’, como são chamadas as pessoas que nascidas entre 1981 a 1995.

O Papa Francisco autorizou a canonização do jovem italiano Carlo Acutis, conhecido por usar os seus conhecimentos em computação para difundir a consciência da fé católica e, justamente por isso, também chamado por alguns de “padroeiro da internet” e “influenciador de Deus”.

Carlo Acutis nasceu em maio de 1991 e morreu em outubro de 2006, aos 15 anos de idade, vítima de leucemia.

Antes de ter a canonização autorizada pelo Papa, o jovem italiano teve dois milagres reconhecidos pelo Vaticano.

O primeiro foi em 2020. A Igreja reconheceu que ele curou uma criança brasileira que tinha uma séria doença nos pâncreas após a menina ter tocado em uma relíquia sua, em 12 de outubro de 2010, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O segundo reconhecimento veio este ano. Em maio, o Igreja atribuiu a Carlo Acutis a cura de uma jovem da Costa Rica após um acidente de bicicleta em 2022.

A costarriquenha estava internada com poucas chances de sobrevivência e foi curada dias após sua mãe rezar em sua tumba de Carlo, na Itália.

A canonização de Carlo Acutis, o primeiro santo “millennial”, vai ocorrer junto com a canonização de outros 14 novos santos da Igreja Católica. A cerimônia deve ser realizada no ano que vem, mas ainda não há uma data definida.