Estrada da Baiana recebe primeiro trecho de asfalto

0
89
Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi

A rodovia MT-338, conhecida como estrada da Baiana, que interliga os municípios de Lucas do Rio Verde e Tapurah, a partir da BR-163 na Comunidade São Cristóvão, já tem concluído 2 km de imprimação, processo final de pavimentação antes da aplicação do TSD – que é camada de revestimento do pavimento constituída por duas aplicações de ligante asfáltico.

Essa é o primeiro trecho que recebe o asfalto, de um total de 74,28 km que deve ser pavimentado. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Obras, a previsão é concluir a extensão entre os dois municípios em dois anos, considerando questões climáticas da região.

Segundo o levantamento realizado, foram concluídos até o momento  35,38 km de subleito, 29,30 km de sub-base, outros 3,0 km de base e 2 km imprimação (consiste na aplicação de material asfáltico sobre a superfície da base concluída, antes da execução do revestimento asfáltico).

“A MT-338 está no processo de terraplanagem e começando a questão da pavimentação. Hoje ela já tem o subleito, já tem a sub-base, a base e já estamos entrando na questão do CAP, a imprimação e o TSD. Eles estão seguindo em camadas”, aponta o engenheiro Thiago Mesquita.

Ainda de acordo com o engenheiro, a imprimação deve chegar até os 35 km em 2023. Além de Lucas do Rio Verde e Tapurah, a Estrada da Baiana beneficia também as cidades de Itanhangá, Porto dos Gaúchos, Juara e Juína.

O investimento de cerca de R$ 86 milhões da obra está sendo realizada por meio de convênio entre Governo do Estado, das prefeituras de Lucas do Rio Verde e Tapurah, e da Associação Intermunicipal dos Produtores e Beneficiários da Rodovia MT-338. 

A conclusão da obra deve oferecer mais segurança aos motoristas, além disso, a rodovia será interligada ao terminal ferroviário.