Três são presos pela Polícia Civil acusado de crimes em situações diferentes em Lucas do Rio Verde

0
156
Foto: Polícia Civil LRV

A Polícia Civil de Lucas do Rio Verde, após intensas investigações, realizou prisão de três pessoas acusadas da prática de crimes em situações diferentes.

A primeira detenção aconteceu nesta terça-feira (08), onde em cumprimento a mandado de busca e apreensão domiciliar, uma equipe da Delegacia de Polícia, localizou no interior do imóvel onde era cumprida a busca, diversas munições, de calibre restrito e de calibre de uso permitido. Diante disso, além de cumprir o mandado, realizou a prisão do suspeito em flagrante. Ele foi autuado nos crimes tipificados nos artigos 12 caput (posse de munição de uso permitido) e 16, § 1º, inciso I (posse de munição de uso restrito), do Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/2003). Não foi arbitrada fiança.

A segunda prisão, também ocorreu nesta quarta-feira, onde os policiais foram acionados por funcionário de uma rede de varejistas de Mato Grosso e da região Centro-Oeste, solicitando apoio para conter um possível crime de furto, tão logo perceberam a ausência de um dos objetos da empresa. No local, a equipe de investigadores foi informada de que um funcionário que trabalhava no local, ao chegar pela manhã, adentrou a área onde ficam armazenados os equipamentos eletrônicos, se apoderou de uma unidade de gabinete (CPU) de computador nova, embalada e lacrada, realocando-a para outra caixa de papelão, acondicionando-a em outro local, para facilitar a retirada quando fosse embora. Assim, mediante abuso de confiança, infere-se que houve a inversão da posse, com a subtração da res, que foi constatada pelos policiais civis. A equipe policial abordou o funcionário suspeito quando ele saia da empresa com a caixa, tendo ele afirmado que se tratava de livros, mas logo após, confessou o crime. Ele foi autuado em flagrante por furto qualificado, tipificado no Artigo 155 (furto), §4º, inciso II (abuso de confiança), do CPB. Não se arbitrou fiança.

E ainda no dia de ontem, a equipe da PJC recebeu uma denúncia anônima sobre um objeto furtado que teria sido adquirido por terceiro. Os investigadores foram ao local indicado na denúncia e constatou que se tratava da res furtiva, efetuando a detenção do suspeito que havia adquirido e conduzindo-o à Unidade Policial, pelo crime de receptação culposa, onde fora lavrado TCO.

Foto: Polícia Civil LRV
Foto: Polícia Civil LRV