Corinthians leva gol nos acréscimos e perde para Fortaleza na Arena Castelão

0
55

Corinthians perdeu para o Fortaleza por 2 a 1, há pouco, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ocorreu na Arena Castelão. Com a derrota, o Corinthians se manteve na 14ª posição da liga nacional, com 26 pontos conquistados. Já o Fortaleza se encontra na oitava colocação, com 35 unidades.

O próximo compromisso do Corinthians será na segunda-feira, contra o Grêmio, em jogo adiado da 15ª rodada do Brasileirão. Já o Fortaleza volta a entrar em campo na quarta-feira, diante do São Paulo, pela 24ª rodada.

O Fortaleza imprimiu forte ritmo no primeiro tempo e logo aos quatro minutos de jogo assustou com o meia Tomás Pochettino, que finalizou em cima de Cássio. Aos 26, o Leão do Pici abriu o placar com o atacante Martín Lucero, após desarme de Romarinho em cima de Ruan Oliveira.

Aos 33, o Corinthians chegou ao empate com o atacante Pedro. O jovem fez seu primeiro gol no profissional aproveitando rebote em cobrança de escanteio e completando a bola, de cabeça, para o fundo das redes. Pouco tempo depois, o Fortaleza marcou novamente, com Marinho, mas o árbitro Rodrigo Jose Pereira de Lima anulou após revisão no VAR, devido a um suposto toque no braço do atacante.

Para o segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo mudou o esquema da equipe, voltando para a linha de quatro na defesa e um trio de ataque com Wesley, Pedro e Yuri Alberto. O Timão passou a sofrer menos e teve boa chance com Wesley, aos 10 minutos, mas o jovem errou o domínio e foi desarmado pelo goleiro João Ricardo.

Aos 30 minutos, quando o jogo parecia controlado para o Corinthians, Matheus Bidu cometeu pênalti em Marinho. O próprio atacante cobrou a penalidade e bateu para fora, tirando muito da meta de Cássio.

O Fortaleza cresceu nos minutos finais e passou a empurrar o Corinthians no campo de defesa. Aos 39 minutos, Britez teve grande chance de cabeça, mas acabou errando o alvo. O gol da vitória do Leão do Pici saiu nos acréscimos com Yago Pikachu, que ganhou disputa de Matheus Bidu e finalizou de esquerda para bater Cássio.Gazeta Esportiva (foto: reprodução/Instagram Corinthians)