Interdições em vias públicas são necessárias para implantação da rede de esgoto

0
95
Foto: Ascom Prefeitura / Anderson Lippi

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Lucas do Rio Verde segue implantando a rede coletora de esgoto na região dos bairros Parque das Emas e Bandeirantes. Para garantir a qualidade das obras, interdições totais ou parciais são necessárias.

A autarquia segue um cronograma para que seja possível a integração da universalização de esgoto para toda a cidade, onde já foram implantados 6.038 metros de extensão da rede coletora de esgoto, o que representa mais de 60 %da obra executada por parte do Saae. 

Os trabalhos são realizados por trechos e as equipes não necessariamente atuam em todas as vias simultaneamente. Com isso, as vias serão sinalizadas com cavaletes e haverá placas com indicações sobre os desvios necessários. As obras serão realizadas diariamente e o bloqueio tem previsão de início às 7h e de término às 17h.

“Sabemos do incomodo e transtorno que isso gera, mas essa é uma etapa importante do nosso cronograma de expansão do esgotamento sanitário em Lucas do Rio Verde”, explica o coordenador da Divisão de Esgoto da autarquia, Luiz Antônio de Oliveira.

A atenção à sinalização deve ser redobrada para evitar acidentes, assim como a colaboração em não estacionar os veículos nestas ruas nos dias previstos para a realização das obras. 

A obra é uma parceria entre a autarquia, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde e a Secretaria de Infraestrutura e Obras. O objetivo é levar cada vez mais melhorias à população, contribuindo com a qualidade de vida para todos.

Confira as interdições:

18 e 19/09Rua dos Hibiscos, entre a Rua das Primaveras e Rua das Zinias;

19 a 30/09Avenida das Acácias, entre a Rua dos Girassóis e Av. Universitária;

20 a 30/09Rua dos Tuiuiús, entre a Avenida Cerrado e a Avenida das Emas;