Município celebra o Dia da Árvore plantando mais de 17 mil sementes

0
105
Foto: Luciano Lupo

Às vésperas da entrada do período estacional da primavera, no dia 21 de setembro é comemorado o Dia da Árvore. A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Lucas do Rio Verde preparou ações alusivas à data, realizando entre os dias 16 a 21 de setembro, atividades acadêmicas e escolares para atrair o conhecimento e preservação das espécies no Museu do Cerrado e Horto Municipal.

No dia 16 de setembro, alunos do curso superior de bacharelado em Biotecnologia do Instituto Federal de Mato Grosso  (IFMT) de Lucas do Rio Verde compareceram no Museu do Cerrado para diversas atividades de extensão do curso como, identificação botânica, construção de composteira, plantio de mudas, produção de hortas, identificação de pragas, aplicação de controle biológico, produção de mudas, coleta de material botânico para identificação de espécies, processamento de plantas medicinais e revitalização da estrutura.

Em 19 de setembro, os mesmos estudantes de Biotecnologia do IFMT realizaram uma ação de plantio de sementes de ipês no Horto Municipal. Ao todo, foram plantadas 2.500 unidades de ipês rosa. Esse plantio foi feito em tubetes que ficarão sob o cuidado da equipe do horto para germinação e cuidados até que possam ser plantas da cidade, seguindo o planejamento de plantio feito.

No dia 21 de setembro, para selar a comemoração, a equipe da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realizou um plantio de mudas de jambo na Escola Cora Coralina com o auxílio dos alunos do período matutino e com alunos do Curso Técnico em Biotecnologia Integrado ao Ensino Médio do IFMT. Foram plantadas ao todo 22 mudas, sendo identificadas com nomes alunos da escola que ficarão responsáveis pelo cuidado diário dessas mudas.

De acordo com a equipe da Pasta, foram doadas pela empresa Syngenta 17 mil sementes, nas quais, 2.500 foram plantadas pelos acadêmicos do IFMT e o restante pela equipe do Horto Florestal.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Paulo Nunes, explica que o Município sempre teve essa preocupação de manter a cidade arborizada e preservar as espécies. “Ao longo dos anos a gente sempre cuidou da flora, cuidou da fauna, cuidamos dos rios. Nós temos um projeto onde estamos plantando 17 mil sementes de ipês amarelos, rosa, roxo e branco.  Temos respeito ao meio ambiente, à sustentabilidade. Quando se retira ou suprime uma árvore há um motivo sério para isso, e a consciência de cultivar outras para manter a nossa cidade mais arborizada possível, que é um dos objetivos da Gestão. Não só na área urbana, mas também cuidar da área rural também implantando e reflorestando algumas nascentes que são necessárias, olhando o meio ambiente como um todo”, concluiu o secretário.