Sociedade participa da 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência

0
90
Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi

Representantes da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, Câmara Municipal, sociedade civil organizada e pessoas com deficiência se reuniram para debater os principais desafios e decidir as prioridades para as políticas públicas relativas à pessoa com deficiência na quinta-feira (21), durante a 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Os cinco eixos temáticos que nortearam as discussões durante a conferência foram os seguintes:

I – Estratégias para manter e aprimorar o controle social, assegurada a participação das pessoas com deficiência;

II – Garantia do acesso das pessoas com deficiência às políticas públicas e avaliação biopsicossocial unificada;

III – Financiamento da promoção de direitos da pessoa com deficiência;

IV – Cidadania e acessibilidade;

V – Desafios para comunicação universal.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Weylla de Souza, argumentou que as conferências são momentos oportunos para dar visibilidade às situações. “Essa é a hora de ouvir a população, os anseios dela. É uma realização muito especial para que as pessoas com deficiência vejam que elas podem ser protagonistas de suas vidas e que existem sim pessoas que lutam pelos seus direitos”, explicou.

A secretária de Assistência Social e Habitação, Janice Ribeiro, discursou aos participantes sobre a responsabilidade ao definir as ações a serem executadas. “O que vamos transcrever no papel, que sejam propostas possíveis de serem realizadas em curto prazo e que venha realmente impactar na melhoria da qualidade de vida de todas as pessoas que possuem qualquer tipo de deficiência”, destacou.

O prefeito Miguel Vaz agradeceu a participação da sociedade para a contribuição de ideias para uma cidade mais inclusiva. “Lembrando que as políticas públicas que já existem na cidade podem ser otimizadas e sempre buscando melhorias, caminhando de acordo com o crescimento do município. É uma conferência muito importante. As pessoas com deficiência merecem que toda a sociedade seja parceira, solidária para que o poder público alcance os objetivos perante a causa”, observou o prefeito.

Durante a conferência, atleta paraolímpica Vitória Cristina Gonçalves discursou sobre todo o apoio fornecido pelo Município para superar dificuldades e descobrir seus talentos. Ela é uma das alunas do Programa Viva Lucas, além de ser beneficiada pelo programa Bolsa Atleta, iniciativas da Secretaria de Esporte e Lazer de Lucas do Rio Verde.

A conferência teve a participação dos alunos da Apae, que fizeram uma apresentação artística.

A vereadora de Cuiabá Maysa Leão, abriu o ciclo de palestras por ser representante da Associação dos
Amigos dos Autistas Neurodiversos e Pessoas com Doenças Raras (Amand).

Também estiveram presentes na cerimônia de abertura o presidente da Câmara Municipal, Sr. Daltro Figur, representante da Promotoria de Justiça, Saulo Pires de Andrade Martins, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB 21ª Subseção, Danusa Serena Oneda, secretário de Governo, Alan Togni, secretária de Educação, Elaine Benetti Lovatel e o representante da Defensoria Pública, Gonçalbert Torres de Paula.

Os participantes da conferência votaram em propostas que serão levadas ao Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e, junto com demais propostas de outros municípios de Mato Grosso, serão discutidas na próxima Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, prevista para o ano de 2024.