Santos goleia Vasco com dois de Marcos Leonardo e respira fora do Z4 do Brasileiro

0
74

O Santos goleou o Vasco por 4 a 1 na tarde deste domingo, em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro .Com o resultado na Vila Belmiro, a equipe comandada interinamente por Marcelo Fernandes respira fora da zona de rebaixamento. Marcos Leonardo foi o grande nome do triunfo do Peixe, fazendo dois gols, ambos no primeiro tempo.

Com a vitória, o Santos chegou aos 27 pontos e subiu para a 15ª posição, empurrando o Goiás, que ainda joga nesta rodada, para a zona de descenso. O Vasco, por sua vez, ficou na 16ª colocação, com 26 unidades.

Agora, o Santos volta a entrar em campo no próximo domingo (8), para encarar o rival Palmeiras, no Allianz Parque. Já o Vasco terá pela frente o São Paulo, um dia antes, em São Januário.

O primeiro tempo foi de ritmo intenso na Vila Belmiro. O Vasco começou a partida com mais posse de bola, mas quem abriu o placar foi o Santos, com Marcos Leonardo, que sofreu penalidade máxima e converteu, aos 11 minutos. Os cariocas voltaram a trocar mais passes, e chegaram ao empate com Vegetti, em contragolpe puxado por Gabriel Pec.

O Santos apertou faltando pouco para o intervalo e foi corado com dois gols em um curto espaço de tempo. Aos 46, Tomás Rincón completou desvio de Dodô em cobrança de escanteio e mandou a bola para o fundo das redes. Dois minutos depois, o Peixe ampliou com Marcos Leonardo, que finalizou contra-ataque puxado por Jean Lucas, fazendo a Vila Belmiro explodir.

O segundo tempo começou da mesma forma, com o Santos indo novamente às redes aos sete minutos, com Marcos Leonardo, mas o lance foi anulado por impedimento após revisão do VAR. Por volta dos 10 minutos, Soteldo provocou jogadores vascaínos subindo na bola em lance lateral, e gerou uma confusão generalizada, paralisando o confronto. Lucas Lima e Gary Medel se exaltaram e acabaram expulsos.

Aos 29 minutos, a vitória do Santos se transformou em goleada. Em contra-ataque, Marcos Leonardo disparou e finalizou para defesa de Léo Jardim. Na sobra, Tomás Rincón serviu Soteldo, que fuzilou, sem chances para o goleiro cruzmaltino.

Nos minutos finais, o Vasco esboçou uma pressão, mas em nenhum momento chegou perto de descontar o placar construído pelo Santos. Os santistas ainda conseguiram trocar passes, levando os torcedores a gritarem “olé” nas arquibancadas.

Gazeta Esportiva (foto: Raul Baretta)