Conheça os motivos que explicam o fracasso do Botafogo na briga pelo título do Brasileirão

0
65

O que parecia impossível aconteceu. Após o empate com o Cruzeiro, o Botafogo não tem mais condições de alcançar o Palmeiras e, com isso, está fora da disputa do título do Campeonato Brasileiro.

O Botafogo fez um primeiro turno histórico. Abriu 13 pontos de vantagem na liderança, mas no returno desandou em razão de diversos fatores.

1. Troca de comando
Cinco. Este foi o número de técnicos que passaram pelo Botafogo. Tudo começou com Luís Castro, que saiu para o Al Nassr, time de Cristiano Ronaldo.

Após, Cláudio Caçapa assumiu interinamente e passou o bastão para Bruno Lage. O técnico português foi demitido em razão de problemas com o elenco.

Com isso, Lúcio Flávio assumiu o comando e foi demitido para a chegada de Tiago Nunes.

  1. 2. Psicológico
    Nada explica duas viradas por 4 a 3 depois de abrir boas vantagens no placar. Além disso, uma chuva de gols nos acréscimos, sobretudo em jogos que a vitória era dada como certa.
  2. 3. Defesa “uma água”
    Um dos pontos altos do Botafogo no primeiro turno foi o sistema defensivo, que foi vazado em apenas 11 oportunidades. Apesar de serem os mesmos jogadores, a defesa foi desmantelada no returno. Isso fez com que o Alvinegro sofresse mais que o dobro de gols. 23 no total.
  3. 4. Jogadores contaminados
    A euforia e o famoso “oba-oba” contagiou os jogadores, que perderam o foco. Para Diego Costa, o futebol puniu o Botafogo.
  1. 5. Tiquinho em baixa
    Tiquinho Soares, um dos principais personagens do Botafogo nunca mais foi o mesmo após a lesão no joelho. A última vez que o camisa 9 balançou a rede foi há mais de um mês.

Apesar de tudo, o Campeonato Brasileiro ainda não acabou. O Botafogo entra em campo na última rodada nesta quarta-feira, 6. O Alvinegro vai enfrentar o Internacional, às 21h30, no Beira-Rio.

Credito Imagem Vítor Silva/Botafogo

Fonte Terra